Entretenimento, Filmes, Livros, Séries

Wrap Up || Resumão De Janeiro

by Mani Piñeiro-
wrap-up-resumao-de-janeiro

Oi!

Pronto, sobrevivemos ao primeiro mês do ano… Como estão dizendo por aí, o mês de teste. hahahah

Até que para um mês de teste, temos um saldo beeeem positivo de assistidos e lidos nesse mês. Respira fundo que, para mim, esse mês foi eterno, e vocês vão entender o porquê. rsrs

SÉRIES

MAKING A MURDERER

Série documental produzida ao longo de 10 anos, Making a Murderer traz a história de Steve Avery que ficou preso 18 anos por um crime que não cometeu. Avery decide processar o estado por tê-lo acusado erroneamente e o mantido na cadeia por tanto tempo. Prestes a receber uma digníssima indenização, surge um outro caso, dessa vez de estupro seguido de homicídio, ao qual atribuem a culpa à Avery, que se diz inocente, mais uma vez. A série acompanha o processo de investigação e o resultado dessa briga judicial e está dando o que falar. Pessoas envolvidas no caso acusam os produtores de omissão de fatos, o xerife os acusa de manipulação, um usuário apareceu por aí dizendo ter provas sobre o caso… até intervenção do Obama estão pedindo pela internet… Imaginem só!

 

PRISON BREAK – SEASON 1

Então… o que falar dessa série assistida por milhares de pessoeas e elogiada pela grande maioria? Não gostei não, gente! Me interessei pelo tema, o irmão entrar na cadeia (com o mapa tatuado no corpo) para salvar seu irmão que foi acusado por um crime que – diz ele – não cometeu. SÓ TEM INOCENTE.
Achei que seria cheia de ação, mas nhé Assisti a primeira temporada inteirinha (forçado, assumo), até comecei a segunda, mas meio que abandonei! Estou pensando ainda o que fazer com isso. Alguém aí já assistiu? Vale mesmo a pena? 

 

FILMES

CONCUSSION

Interpretado por Will Smith, Dr. Bennet Omalu é um patologista forense (especializado em neuropatologia) nigeriano que vive em Nova York e foi o responsável pela autópsia do Mike Webster, um jogador de futebol americano que foi encontrado morto no seu carro. Bennet, a princípio, não encontra nenhum motivo significativo para a sua morte durante os exames e, intrigado, opta por fazer um exame no cérebro do jogador, trazendo à tona o real motivo de sua morte e a relação com o Futebol Americano.
Filme forte que recomendo demais! Teve resenha no blog sobre ele já.

Na Telona: Concussion

 

THE HATEFUL EIGHT

Eu poderia apenas dizer: É Tarantino! hahaha
Isso, seguramente, será fator decisivo na escolha entre assistir ou não ao filme. Não foi o filme que mais gostei do Tarantino, mas tem cenas muito boas, revelando o amadurecimento do cineasta com o passar dos anos.
Confira a resenha completa:

Na Telona: The Hateful Eight

 

THE BIG SHORT

Filme que te prende do início ao fim. Com Brad Pitt, Steve Carell e Christian Bale, A Grande Aposta conta a história – baseada em fatos reais – de investidores que apostaram contra o mercado imobiliário americano, o que parecia uma loucura para quase todos. É preciso gostar do assunto, mas se você curte investimentos/mercado, vai gostar bastante do filme.

 

ROOM

Não tenho palavras.

1) Maravilhoso
2)Assista
3) Lê a resenha que fiz no blog:
(de quebra, ainda falo de Spotlight! Aproveita! hahaha)

Filmes para o Fim De Semana

 

THE 5th WAVE

Méh… Achei que ia gostar mais. Extraterrestres atacando a terra já não é um assunto que me convence muito, mas o modo como eles o fazem no filme me pareceu mais “real” (caso acreditasse que isso fosse acontecer de fato), aí resolvi assistir. As atuações são bem fracas, a história termina caindo na mesmice (minha opinião) e acabei não gostando muito. Mas acho que varia muito do gosto pessoal também! Se você curte esses temas, dê uma chance ao filme, você pode gostar.

 

CORAZÓN DE LEÓN

MA-RA-VI-LHO-SO!! E, acreditem, quando é preciso separar em sílabas, o negócio é bom mesmo. É um filme Argentino (já tem 80% do meu coração, os filmes argentinos que vi até então são magníficos) com Guillermo Francella que aborda todos os tipos possíveis de preconceitos. O modo como tratamos as pessoas ao nosso redor por seu físico (gordo, magro, careca…) ou alguma deficiência (auditiva, visual…). Não quero escrever muito sobre o filme para não dar nenhuuum spoilerzinho sequer.
É sem dúvidas um dos melhores filmes que já vi. Aconselho demais que todos – TODOS –  assistam. E, pra melhorar, tudo é abordado com humor – crítico, porém humor.

heart_of_a_lion

Eu nem vou colocar trailer para não mostrar absolutamente nada!

-> Não leiam sobre o filme na internet, sério! Vá assistir sem ler para você ser surpreendido.

 

DON’T SAY A WORD

Filme de 2001 que traz Michael Douglas como um conceituado psiquiatra que tem uma vida feliz com sua família, até se tornar responsável pelo caso da Elizabeth Burrows. Elizabeth tem uma informação que interessa a alguns criminosos e, para conseguir essa informação, eles precisam da ajuda do Nathan Conrad (o psiquiatra). Como convencer Nathan a ajudá-los? Fácil, sequestrando a a sua filha. O psiquiatra tem até o final do dia para conseguir a informação que os criminosos requisitaram.
Uma trama muito bem desenvolvida. Recomendo!

 

LIVROS

TALCO DE VIDRO

HQ do Marcello Quintanilha que tem como tema a inveja. O que esse sentimento pode provocar no ser humano. De reações mais simples, que vemos com frequência (infelizmente), até absurdos que a personagem passa internamente. Não percam a resenha!

Talco de Vidro – Marcello Quintanilha

 

PÍLULAS AZUIS

Outra HQ imperdível. Outro tema polêmico e forte. Frederik fala da própria vida e como é conviver com uma pessoa soro positiva. Os medos, os desafios, as alegrias, as dúvidas… HQ linda que deveria ser lida por todo ser humano!

Pílulas Azuis – Frederik Peeters

 

POR FAVOR, IGNORE VERA DIETZ

Parece que foi um mês de temas polêmicos. ahahha. Pois é, mais um livro que aborda todo tipo de polêmica, não parando no superficial, sem ser clichê. Um livro que tem a capacidade de fazer você ter vergonha de alguma atitude que deixou de ter. Leiam. Leiam. Leiam.

Um aluno praticando bullying na escola? Ignore. 
O professor do oitavo ano belisca a bunda da sua amiga? Ignore. 
O professor machista de geografia dizendo que as garotas não deviam fazer faculdade porque tudo que farão na vida é parir e engordar? Ignore. 
Uma garota da sua sala está sendo violentada pelo padrasto e teve que ir pra clínica? Ela está trazendo os comprimidos da mãe pra escola e vendedo-os para pagar o aborto? Ignore. Ignore. Ignore. 
Cuide da sua própria vida. 
Não crie tumulto."

Livro: Por favor, ignore Vera Dietz

 

FIDING AUDREY

Em Janeiro também teve audiobook. Se você está querendo escutar um audiobook, recomendo À Procura de Audrey. É uma leitura leve, um livro bonito e que funciona bem num audiobook. Eu, particularmente, não curto muito audiobooks de temas densos, acho que acabo perdendo alguma coisa que não deveria.

 

O SOL É PARA TODOS

<3 <3 <3 <3
Acho que <3 é o suficiente. Beijo! hahahah

To Kill a Mockingbird é um clássico da literatura americana. Leitura obrigatória nos colégios. Escrito pela Harper Lee, a história de O Sol É Para Todos transita básicamente pelo racismo. Passada no sul dos EUA, onde o racismo era absurdamente forte, o livro traz a história de Atticus, um advogado conhecido e respeitado na cidade onde mora, até começar a defender um negro que foi acusado de estuprar uma branca. A história é contada pelos olhos da sua filha, o que faz com que todo o preconceito do livro te deixe com ainda mais nojo das pessoas, por ser revelado por um prisma de inocência de uma criança. 
Traz racismo, hipocrisia, religião… críticas, críticas e mais críticas. 
Se você ainda não leu, faça esse favor a você mesma e leia!

"Você é muito jovem para entender isso, mas às vezes a Bíblia d=na mão de um determinado homem é pior do que uma garrafa de uísque na mão de... ah, do seu pai"
"A única coisa que não deve se curvar ao julgamento da maioria é a consciência de uma pessoa."
"Acho que só há um tipo de gente. Pessoas."

 

 

 

Como foi Janeiro para vocês? 

Espero que tenham gostado do post.

Aceito sugestão de como melhorar… Acho que terei que me render ao Youtube, ficaria mais fácil, né? hahahah

 

Comments

comments

Mani Piñeiro

Comments

comments

  • Lívia Alli

    eu tbm dei dica de filme hj no tofu, mt coisa bacana vc indicou hein, queria mt ver prision break, e eu vi esse novo do tarantino e gostei mt!!

    http://www.tofucolorido.com.br

    http://www.facebook.com/blogtofucolorido

  • Lilian Moraes

    Eu assisti todas as temporadas de Prison Break e adorei! Gosto muito da adrenalina e dos esquemas deles para fugir da prisão e nas demais temporadas tem novos desafios. Mas acho que depende do gosto mesmo.
    Estou louca para assistir a 5º Onda! O trailer parece fantástico, também quero ler o livro agora.

    Beijos
    http://orangelily.com.br/

    • Eu até gostaria se tivesse visto toda essa adrenalina e ação, mas achei tudo demorado! hahahahha
      Vou insistir mais um pouquinho talvez 😀
      =**

  • Adoooro resumão de posts. Quero MUITO ver making a muderer, genteee que demais esse documentário.

    Beijos, Love is Colorful

    • ahahhahaa… Que bom que gostou.
      Vou adiantar que os 2 primeiros episódios, pode ser que você ache um pouco chato, mas melhora… não desista! ahhaha

  • Natasha Romaszkiewicz

    Opa, acho que nao vou gastar dinheiro [ra ver a quinta onda no cinema, então! Vou esperar passar no Telecine! hahahahahahah O filme do Tarantino eu to curiosa pelo somples motivo que é dele e eu adoro os filmes dele! ahahahahaha

    Um beijo, Na!

    http://www.hamburguesinha.com.br

    • Não gaste mesmo não, Na. ahhaaha
      Espere mais um pouco…
      E o de Tarantino, SIM, eu tb fui ao cinema sem ler nada sobre.. só pq era dele <333

  • Camila Sá

    Making a Murderer achei chatérrimo (não passei do primeiro. hehehe).
    Prison Break é MUITO bom! Não desiste, não!
    A 5° onda tô querendo assistir, mas tô com as expectativas bem baixas.
    Finding Audrey eu não curti muito e O sol é para todos é MARAVILHOSO!

    Bjoss

    http://bymiih.blogspot.com.br/

    • Mi, o primeiro episódio de Making a Murderer é mesmo chatéééérrimo.. mas no final do segundo em diante melhora bastante!
      Prison break tá bem difícil! hahha.. a segunda temporada tá chatinha. o que você achou? Melhora depois?

      Fiding Audrey é uma leitura mais levezinha, por isso sugeri o audiobook, mas não achei nada especial também não. O sol é para todos SIIIMMMMMMM para sempre
      =***

  • Quanta coisa boa em janeiro! Fiquei curiosa demais com esse documentário Making a Murderer, quero assistir. E o filme argentino também, já estou procurando por aqui.

    http://naomemandeflores.com

    • O filme argentino é MARAVILHOSO DEMAIs, Camila!
      Assista mesmo… <33

  • Lorraine Faria

    Não desista de prison break!!!! 😀 ela ta no meu hall de series favoritas da VIDA! HAHAHA
    beeeijos :*** Ja fomos legais

    • hahahhaa
      Mas melhora? Pq essa segunda temporada tá sofrível aqui! hahaha

Translate »